Oi meus amores! Como vão vocês?
Demorou, mas vim trazer meu relato de parto. Pra aquelas que já são mães entendem a minha demora em postar rsrs pras que ainda não são, logo entenderão rsrs
Brincadeiras a parte, o parto é uma das fases mais temidas na vida de uma nova mãe. O que é normal, afinal, tudo que é novo gera aquela ansiedade e medo também. Comigo não foi diferente, até porque meu histórico clínico por conta da endometriose, me deixava mais ansiosa e indecisa sobre a via de parto. Às mamães de primeira viagem que estão lendo esse relato, meu intuito não é desencorajá-las a ter um parto normal, até porque esta é a via mais saudável pra mãe e pro bebê também, além da recuperação que não se compara a uma cesárea, que requer cuidados e repouso, o que é bem difícil fazer no caso de alguém que acabou de dar a luz. Essa é apenas minha experiência e as decisões que tomei baseadas nas minhas necessidades no momento.
 A princípio queria normal, mas com o passar dos meses, vi que o Théo era um bebê bem agitado na barriga, e ouvi muitos relatos de mães que tentaram normal e na hora o bebê ficou "atravessado" na barriga e elas tiveram que fazer cesárea, ou seja, sentiram as duas dores, e eu não estava disposta a passar por isso. Sei que muitas ao lerem isso vão me criticar, mas cada uma sabe até onde vão seus limites. Outro fator que me fez voltar atrás no desejo de ter normal, foi que geralmente meninos são maiores, e nos ultrassons isso se comprovava no meu caso. Porém, ficava aquele receio das aderências, devido a cirurgia que fiz por causa da endometriose há dez anos atrás. Mas por fim acabei optando pela cesárea, que foi agendada para o dia 09/06
No dia 30/05/2018, por volta das 21:30 comecei a sentir umas dores que pareciam "vontade de ir ao banheiro"... porém nada acontecia quando eu ia. Fui dormir, mas essa "vontade' ia e voltava, com uma dorzinha mais forte a cada vez...no começo era só uma dorzinha chata, que a gente nem considera dor, mas depois foi aumentando, daí é claro, desconfiei: estou no começo do trabalho de parto. Nisso já eram umas 2 e pouco da manhã. Fomos ao PS aqui da minha cidade e ao ser examinada, estava com dois dedos de dilatação. Como ia ter o bebê em uma cidade vizinha, o médico disse que eu podia ir de carro mesmo, sem pressa, que ainda ia demorar uma horas pra ele nascer. Voltei em casa, as coisas já estavam todas organizadas, afinal eu já estava entrando na 40° semana,e fomos pra maternidade. Porém as dores já estavam mais intensas e menos espaçadas.
Chegando lá, ao ser examinada, já estava com cinco dedos de dilatação, e o médico me aconselhou a tentar normal, porque estava dilatando bem rápido,mas eu já estava bem decidida e não quis. Por fim, chegando a hora de ir pra sala de cirurgia, ja estava com sete dedos de dilatação, e as dores já estavam bem insuportáveis pra mim. 
Fui pra sala de cirurgia, aquele ar condicionado gelado me fazia tremer mais do que já estava tremendo por causa do nervosismo. Tentaram me aplicar a anestesia 2 vezes não conseguiram por causa dos tremores. Daí veio uma enfermeira anjo que me abraçou, falou comigo me acalmando e cobriu meus braços pra que eu não sentisse frio. Uma pausa aqui, porque quando um profissional dá um tratamento humanizado ao paciente, é outro nível e faz toda diferença na vida de quem está ali numa mesa de cirurgia. Isso é amor a profissão e ao próximo, coisa rara hoje em dia, e tive o privilégio de vivenciar esse atendimento. Voltando ao relato, a anestesia enfim deu certo e correu tudo bem no restante da cirurgia, não senti nenhuma dor, graças a Deus, nem durante, nem depois. Como eu já estava em trabalho de parto, foi tudo bem rápido e me aliviou muito saber que ele já estava maduro suficiente pra vir ao mundo e que não deixou de ser no tempo dele.
A melhor hora, é claro, foi ouvir o chorinho e ver o rostinho dele. Nenhum momento da vida supera este, é coisa de Deus mesmo, você tem uma certeza muito grande que só Ele pra gerar um milagrezinho desse dentro de você. É uma sensação indescritível.
Logo fui pra recuperação e me trouxeram ele. Meu leite logo desceu, fui bem desajeitada pra amamentar a primeira vez rsrs, mas tudo é uma adaptação de ambas as partes. O importante é que ele recebeu o colostro, que faz toda diferença pra saúde  do recém nascido. No dia seguinte recebemos alta; voltamos pra casa gratos a Deus por estarmos bem.
Porém, aí começa uma nova etapa, bem desafiadora e que requer da mãe e de quem vai ajudá-la, muito amor. A extero gestação. Trago um próximo post falando mais detalhes sobre.
Espero que este simples relato tenha te ajudado de alguma forma. Pelo menos eu, amava ler sobre, parece que a gente sempre se identifica com alguma coisa.
Segue click bem particular ( que agora não é mais rsrs) do nascimento do Théo ♡ 
recém nascido 2018

recém nascido 2018
Deus abençoe e até o próximo post!
Deixo aqui meu convite pra que acompanhem também nas outras redes sociais :
Fan Page: Estilo Mulher Virtuosa | Instagram:  @estilomulhervirtuosa

grávida

Oi meus amores! Como vocês estão?!
Hoje vim dividir com vocês mais um pouquinho da minha gravidez, mais precisamente do terceiro trimestre. E pra quem ainda não viu e tem interesse, tem relato do primeiro e segundo trimestre também, só clicar aqui.
Bom, devido a tudo que passei antes da gravidez (endometriose, aborto, insegurança, diagnósticos desanimadores, etc) preferi me preservar durante a gravidez e não postar tantas coisas sobre, pois gostaria de dividir as experiências quando o milagrezinho já estivesse nos meus braços. Pois bem, cá estamos já vivendo esse momento e muito grata a Deus por isso!
Meu terceiro trimestre de gravidez também foi tranquilo, assim como o início. Tive apenas os desconfortos que toda grávida tem, falta de ar no final, dificuldade de dormir por conta do tamanho da barriga, um pouco de inchaço e algumas dores na coluna, com direito a inflamação no nervo ciático, nenhuma roupa me servia mais e aquele típico peso nas pernas que muitas gravidinhas relatam. Minha maior dificuldade foi ficar quietinha em casa, já que nos últimos dias temos que nos preservar ao máximo com repouso. Como não sou alguém que curte ficar em casa por tanto tempo, me custou um pouco esta parte.
Como toda futura mamãe, os dias pareciam não passar. Queria conhecer o rostinho do meu baby, e também ter um alívio de todo aquele peso da barriga, e poder respirar aliviado com a certeza de que "passei por essa fase com sucesso".
Sobre o parto, muitos foram meus medos e dúvidas. Aliás, toda gravidez é um misto de medos e dúvidas. Claro que tem alegrias, e tantas outras coisas boas que compensam tudo isso, mas confesso que o receio do parto me tirou a paz muitas vezes. Aquela dúvida de: Será que eu consigo ter normal? Será que eu vou tentar e na hora precisar passar pela dor da cesárea? Entre orações e diálogos com meu marido, optei pela cesárea. Conto mais detalhes sobre o parto num próximo post.
Durante todo esse período, ganhei 12 kg, o que também era uma preocupação pra mim, pois sei que não tem relação apenas com a estética, mas também com a saúde. Sobre alimentação, me permiti muitas coisas na gravidez, que não me permitia antes, mas tudo com moderação, pois sabia que depois pra perder os indesejados kilinhos a mais, não é fácil. Hoje, 1 mês e 11 dias após o parto, já perdi até 1 kg a mais do que ganhei. Sei que tem completa relação com minhas escolhas alimentares, e também com meu jeito 220 de ser rsrs sou muito elétrica, então isso ajuda no gasto calórico. Mas devido ao estresse dos primeiros dias da nova vida de mãe ( conto mais detalhes em outro post), confesso que tive pouca fome também.
E é claro, a memória muscular. Sim! O corpo tem memória. Mantive o mesmo peso por anos e nos últimos, por conta da nutrição na minha vida, fiz muitos ajustes na alimentação e exercícios, o que me beneficiou nessa perda de peso rápida.
Fora esses detalhes, foi uma época de correr atrás dos últimos detalhes do enxoval do baby. Uma delícia essa parte! Por em ordem todos os detalhes e saber o que a criança realmente precisa também não é fácil. Há muitas listas na internet, mas ao que me parece, o que é essencial pra um, não é pra outro, então é bem relativo, e vamos saber só depois que o baby nascer mesmo. ( me refiro ao caso das mães de primeira viagem)
E a melhor parte de todas é que nessa fase você percebe cada mexidinha do bebê, que no meu caso, eram bem constantes e notáveis. O menino agitado rsrs 220 igual a mãe. Essa parte não tem preço! Minha dica é: grave videozinhos no seu celular mesmo, pra relembrar depois, porque é um momento único e merece ser guardado.
E assim foi meu terceiro trimestre, tranquilo, com os desconfortos de uma grávida normal, sem desejos e  cheio de ansiedade pra ver o rostinho da cria. Pra conter a ansiedade e os medos que sempre vem atormentar a mente, sempre me apegava com Deus. Não canso de dizer que Ele mantém meu equilíbrio seja em tempos bons ou maus.
Aah, não resisti e fiz um outro ensaio gestante umas 2 ou 3 semanas antes do Théo nascer, vou deixar algumas aqui.
terceiro trimestre de gravidez
mulher grávida

39 semanas
Adicionar legenda
Espero que tenham gostado do post, mesmo simples e sem alardes, essa foi minha experiência. Logo volto pra compartilhar com vocês meu relato de parto. Deus abençoe, amores!
Deixo aqui meu convite pra que acompanhem também nas outras redes sociais :
Fan Page: Estilo Mulher Virtuosa | Instagram:  @estilomulhervirtuosa

Olá meu amores! Como "cês tão"?! rsrs Por aqui, prosseguimos na fé, com Deus na frente!

Hoje vim trazer um pouquinho de como está sendo minha gestação e algumas fotinhas do meu ensaio gestante, porque sei que esse é um tema que as mamães e futuras mamães amam! E também porque muitas leitoras me perguntam no direct do instagram sobre o assunto. Como decidi não fazer diário de gravidez, quis compartilhar um resumo de tudo com vocês nesse post. Lembrando que não são dicas, porque estou entrando nesse universo agora, é apenas meu relato de mãe de primeira viagem.
Então, bora lá!Tive um primeiro trimestre até que tranquilo, com enjoos sim, mas nada tão pesado como vejo algumas mamães relatarem. Tá certo que tinha dias que até a água me enjoava, mas ficava só no enjoo mesmo. Fora isso, tive que guardar repouso desde a primeira consulta, por causa do diagnóstico de endometriose, então tchau academia ou qualquer coisa do tipo, e pra quem é ligada no 220, ficar de repouso não é uma tarefa fácil.
O que mais " pegou" nesse período, foram os temores que rondam os pensamentos de quem já passou por um aborto, qualquer sinal diferente que o corpo dá deixa a pessoa apreensiva, justamente porque ela já passou por um episódio ruim, e não quer passar novamente. Portanto, até hoje, peço muito a Deus pra nos guardar de todo mau e procuro manter minha mente sã e equilibrada, lendo muito a bíblia, vendo pregações na net, porque a Palavra de Deus me traz paz e acalma a minha alma. Bom, essa é minha fé, sei que cada um tem a sua, mas isso super funciona pra mim.
Fora isso, também tive um pouco de sono, que comparado a "primeira gestação" foi bem mais tranquilo...na primeira eu meio que desmaiava rsrs, já nessa era um sono mais leve e só no primeiro trimestre mesmo, no segundo já foi mais tranquila essa parte, tinha bem mais energia.
Aah, também tinha muita vontade de comer  carne, coisa que antes, nunca fui apegada rsrs sempre preferi arroz, feijão e salada a arroz, feijão e carne, mas na gravidez, isso mudou. Nesse período estava muito curiosa pra saber o sexo do bebê, e pesquisando no google, encontrei alguns relatos de mães de menino que tiveram o mesmo desejo. Não há nada de científico nisso, mas pra mim também coincidiu de ser menino.
Quanto ao ganho de peso, até o momento (estou com 28 semanas/7 meses) e ganhei 1 kg/mês. O recomendado pela ABESO, pra mães que estavam dentro do peso adequado antes da gestação é de 11 a 16kg (veja fonte aqui  mas vale lembrar que cada caso é um caso e portanto não há uma regra definida. Na facu, aprendi que nos casos de milheres eutróficas ( que já estavam com peso adequado antes da gestação) o ideal é aumentar de 9 a 12kg , não tive tempo de buscar a fonte em minhas anotações, mas estou me guiando por essa informação. Também achei esse artigo bem interessante com dados detalhados do aumento de peso, a quem interessar, indico a leitura: Ganho de Peso na Gravidez . O importante é passar pelo acompanhamento médico nesse período e tomar cuidado com a ingestão de alimentos muito calóricos pra não ganhar peso em excesso, e também não fazer ingestão de carboidratos em excesso, facilitando assim a  instalação de doenças como diabetes gestacional, por exemplo. Mas, mesmo estando dentro dos parâmetros do ganho de peso, é algo complicado, porque o corpo muda muito, além da barriga, os seios crescem muito, e o quadril alarga, resumindo,  nada mais serve, fora o boom hormonal que te deixa naturalmente mais sensível, então a aceitação ao novo corpo é bem complicada. A esperança é voltar ao peso depois rsrs e pra isso eu vou trabalhar! Tenho procurado ler bastante sobre o assunto, e fica aqui uma indicação sobre o assunto: O poder dos hábitos na gestação . Como é um universo novo pra mim, estou me cercando de boas informações, pra aprender um pouco na teoria, embora eu tenha consciência de que o maior aprendizado é na prática, a leitura de bons conteúdos sempre ajudam neh.
Outro vilão da gravidez são as temidas estrias, e meus cuidados tem sido bem simples, o uso constante de óleo de amêndoas e quando coça, não uso as unhas, e sim uma escova de cabelo (uso uma preta da avon) com cerdas mais grossinhas, que não "riscam" minha pele. E como agora estou entrando no terceiro trimestre, fase onde a pele estica mais, pretendo usar uma receitinha que uma amiga (mãe de gêmeos) me passou e pra ela super funcionou: 1 pote de creme hidratante nívea (para pele extra seca)+1 vidro de óleo de amêndoas+ 1 bisnaga de bepantol, fica super hidratante e sem contra indicações pra grávidas (até onde eu sei). Outra dica importante é não fazer uso de cremes ou óleos hidratantes nas auréolas ou mamilo.
No segundo semestre, já me senti bem melhor, pois os enjoos cessaram, e minha energia voltou parcialmente rsrs, mas no finalzinho dele, a barriga começou pesar, e junto veio o desconforto pra dormir, também não posso ficar sentada muito tempo com as costas retas, porque pressiona a barriga que já está bem grandinha e sinto dores. 
Procuro fazer caminhada regularmente, e também já noto diferença, me sinto mais cansada, como se faltasse ar, o que é normal pelo menor espaço que os órgão tem pra trabalharem. Até aqui, é isso rsrs Logo trago um post contando sobre o terceiro trimestre.
A gravidez tem sim seu lado romântico, é maravilhoso! A mulher parece estar em estado de graça, porque realmente é uma benção! Mas também tem o lado da realidade! E sou dessas que gosta de apreciar um sem esconder o outro rsrs Vou deixar um pouquinho das fotos que fiz até agora, pretendo fazer mais nessa fase final, pra aproveitar ao máximo o barrigão!


E é isso meus amores! Espero que tenham gostado! Deixe seu comentário, com dicas, sugestões, porque amo ler e aprender com vocês também! Aaah, algumas fotos foram inspiradas no google imagens, então também deixei um post com as fotos nas quais me inspirei e outras que ainda pretendo fazer, só clicar aqui 
Ph Retrateria 
Deus abençoe e até o próximo post! Orem por nós viu! 
Deixo aqui meu convite pra que acompanhem também nas outras redes sociais :
Fan Page: Estilo Mulher Virtuosa | Instagram:  @estilomulhervirtuosa

Olá meus amores! E aproveitando esse universo maravilhoso que é a maternidade, resolvi trazer pra vocês algumas inspirações pra ensaio gestante. Sou apaixonada por fotos, como a maioria das mulheres, e tem momento melhor pra ser registrado do que esse momento único?! Não neh! Então vale muito a pena usar a criatividade pra deixar clicks lindos de memória pras próximas gerações.
Nas fotos a seguir, há algumas que podem ser usadas pra revelar o sexo do bebê, outras que podem ser usadas pra antes e depois que o baby nascer, enfim! Criatividade não falta! Algumas usei no meu ensaio gestante e outras ainda pretendo reproduzir. Espero inspira vocês! Bora lá!

inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez

inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez 
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez

inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez
inspiração de fotos pra gravidez

Lindas neh! Já fico doida querendo reproduzir todas, porque passa tão rápido! Umas mais elaboradas, outras nem tanto, com uma máquina de boa resolução, algumas dá até pra reproduzir você mesmo com a ajuda do maridão ou de amigos. 
Essa foto abaixo, meu marido mesmo que tirou. Ele não é profissional, mas sempre procuro inspirações, dou uns toques básicos de luz e horário pra fotografar, e nos viramos quando dá,quando é necessário. 
inspiração de fotos pra gravidez
Tão simples e sem edição nenhuma, mas a memória lá na frente não tem preço! Então não se preocupe em gastar rios de dinheiro com isso. A gravidez é uma fase de muitos gastos, priorize o que for realmente necessário e seja feliz dentro de suas possibilidades! Tantas mulheres gostariam de gerar dentro de si um milagre e não podem, foque no privilégio que está vivendo e desfrute o momento! Use a criatividade, e, se necessário, faça você mesmo! Você pode se surpreender com o resultado!
Pra quem curte, deixei um pouquinho do meu ensaio de gestante nesse post, se quiser conferir, fica o convite!
E pra minhas fotos do dia a dia, siga meu insta pessoal @michelewiezel , lá compartilho um pouquinho mais de mim e desse momento tão abençoado que é a gravidez.
Deus abençoe e até o próximo post! Orem por nós viu! 
Deixo aqui meu convite pra que acompanhem também nas outras redes sociais :
Fan Page: Estilo Mulher Virtuosa | Instagram:  @estilomulhervirtuosa


Olá meus amores! Como vocês estão?! Que saudades de postar mais vezes aqui!!! Por aqui a correria tem aumentado, por um lado isso é bom e por outro, nem tanto, mas com a ajuda de Deus vamos levando.
Bom, pra quem me acompanha no insta pessoal @michelewiezel sabe que estou gravidinha, e pra quem não acompanha por lá, bora acompanhar rsrs fica o convite.; em outro post mais específico, pretendo trazer pra vocês mais detalhes de como e quando aconteceu e tal.
Hoje vim trazer pra vocês um pouquinho de como foi meu chá revelação. Aproveitando que essa ideia está bem em alta, e é muito gostoso, e pra mim, se tornou um dos momentos mais especiais que Deus já me permitiu viver! 
Sei que esse chá é bem usado ( na maioria das vezes) por mamães que estão bem no início da gravidez e fazem sexagem fetal pra matar a curiosidade, mas não foi o meu caso. Confesso que no início tudo que eu queria saber é se estava tudo bem com o baby, levando em conta um episódio anterior de aborto. Passada essa fase de ver que estava tudo ok nos exames, parti pra realização do chá <3.
Escolhi algo bem íntimo com minha família. A emoção foi indescritível!!! Super indico!
Trouxe pra vocês detalhes da decoração que foi simples, mas do jeitinho que imaginei, e algumas coisinhas que eu mesma fiz, super fáceis, mas que são super lindinhas e ajudam a dar aquele toque de carinho a esse momento tão mágico.
decoração chá de bebe
A decoração foi escolhida a partir de inspirações da net, e com a ajuda Lica Nascimento  tudo ficou do jeitinho que eu queria, simples, mas lindo!
Já o varal com a escrita menino ou menina e a placa escrito Laura ou Theodoro, foram feitas em material  EVA pelas mãos talentosíssimas da Coisiquitas da Drica !
Fiquei simplesmente apaixonada pelo trabalho dela!
decoração chá de bebe
Não foquei em um tema específico por falta de opções nos detalhes, então o convite, as lembrancinhas e o painel decorativo, bem como alguns coopcakes tiveram detalhes de pézinhos, e outros detalhes fiz com corações. O centro de mesa com varal, o convite e os corações de tecido fui eu mesma quem fiz, com a ajuda dos detalhes em EVA da Coisiquitas da Drica

chá de revelação
Os tubetes e garrafinhas de confete foram feitos pra dar de brinde no baby bingo que realizei entre os convidados. Fizeram sucesso e deram aquele charme a mesa. Apliquei o lacinho em alguns e gravatinha em outros+  a meia pérola com cola quente pra deixar com uma carinha mais fofa, afinal, os detalhes fazem toda diferença, neh.
Os docinhos ficaram por conta da Império dos Doces um capricho só! Além de deliciosos.



chá revelação

O para o bolo real oficial nossa escolha foi Delícias de Tunica que arrasa sempre
decoração chá de bebe
Detalhes como os desta mesa, os marshmallows, e a bexiga de revelação personalizada, foram feitos por nós mesmos ( eu e minha família). Dá pra fazer muita coisa, em casa quando planejamos com antecedência. E com a ajuda das inspirações e vídeos na interenet, tudo fica mais fácil.
A bexiga, por exemplo, compramos preta, e os adesivos de interrogação, imprimimos em papel fotográfico adesivo e recortamos em casa mesmo. A parte de recortar é bem chatinha rsrs, mas com paciência dá pra fazer.
Segue abaixo um vídeo que foi bem útil nas inspiração de brindes pras brincadeiras.
E como brincadeiras, optei por apenas 3 pra que houvesse interação entre todos. 
Já na chegada, o convidado recebia um adesivo com detalhes em azul ou rosa, pra demonstrar seu palpite. Outra brincadeira foi  esconder chupetas debaixo das cadeiras e quem encontrasse ganhava 1 brinde, e a outra foi o baby bingo, que encontrei no site Almanaque dos Pais ( nesse link você consegue baixar as cartelas prontas). As Minhas, tive o cuidado de personalizar nas cores azul e rosa, deu um certo trabalho, mas ficaram fofas, pena que esqueci de fotografar rsrs. Mas, caso você prefira comprar, no Mercado Livre e Elo 7 há várias opções. Essa última brincadeira foi sucesso, além de estimular a interação entre todos, já que dá pra realizar várias rodadas ( porque sou dessas que ama um bingo rsrs)
chá revelação
E assim foi nosso chá revelação, pra descobrirmos que DEU MENINO!!! Tudo feito com muito amor pra esse presente de Deus que vem por aí.
O nome escolhido foi Theodoro, que significa presente/dádiva de Deus.
 Espero que tenham gostado do post, porque de agora em diante vão ter muita coisa voltada pra maternidade, que é minha realidade atual rsrs Bjs meus amores! Fiquem com Deus! Em breve novidades!

Deixo aqui meu convite pra que acompanhem também nas outras redes sociais :
Fan Page: Estilo Mulher Virtuosa | Instagram:  @estilomulhervirtuosa