Olá povo abençoado! Vamos de devocional?!
 No mundo mau em que vivemos, buscar a luz da Palavra de Deus é algo de extrema importância até pra manter nosso equilíbrio emocional, pra aguentar o "baques" das tantas más notícias que ouvimos diariamente. E hoje vim dividir mais uma experiência com vocês.
Aos meus 21 anos passei por uma situação bem complicada relacionada a mágoa, e como alguém inexperiente, não sabia como lidar ao certo com a situação. Houve um desentendimento entre eu e duas pessoas de minha família, fruto de picuinhas que ja levávamos há anos. Sabe aquela situação mal resolvida que um dia explode?! Essa mesmo... e no fim das contas a briga foi parar na sala do pastor. PS: todos já eram cristãos! Olha o mal testemunho aí! E foi nessa sala onde a mágoa brotou em meu coração, porque na situação, os dois lados tinham sua parcela de culpa, e eu sabia que não era das mais simpáticas e não fazia questão de ser também. Só que nesse dia, além das tantas divergências, ainda fui acusada de roubo, e isso era inadmissível pra mim, porque eu sabia dos meus muitos defeitos e falhas nessa história, mas isso eu não tinha feito, e essa mentira inventada pra me prejudicar foi bem pesada pra mim.Embora o pastor tenha rebatido quando essa inverdade foi dita, eu deixei meu coração azedar e saí dali acabada e com vontade de bater nas duas. 
E nos dias subsequentes essa vontade não passou, eu continuava querendo que elas pagassem por toda mentira que estavam inventando contra mim! Minha vida era chorar, continuava indo aos cultos em horários diferentes pra não topar com elas, e toda pregação que ouvia, Deus falava de perdão. Mas eu não conseguia perdoar.... dizia: Deus, eu já sei de tudo isso, mas não consigo perdoar essas pessoas que se dizem cristãs e fazem isso. Na época eu me via apenas como "A Vítima", mas hoje enxergo claramente minha parcela de culpa no cartório. 
A parte boa é que Deus vê os dois lados da moeda, a minha verdade, a verdade do outro, e quando vê corações sinceros, faz com que a Sua verdade prevaleça. Recebi oração com imposição de mãos do pastor, que era um homem de Deus sensato (e por sinal tinha muita paciência hahaha), e um dia, no meu trabalho, conversando no meu íntimo com Deus sobre o assunto, e Ele falando ao meu coração que eu tinha que perdoar, que não podia viver com aquela amargura... eu disse: Senhor, eu até quero obedecer, mas não consigo. Abri a Bíblia, caiu em Mateus 6, li desde o começo, quando chegou no versículo 37, na parte B do versículo: " Soltai, e soltar-vos-ão" foi como se Deus me sacudisse e fiquei ali repetindo na mente essa parte do versículo, e falei em voz alta: "Eu solto fulana e fulana no mundo espiritual, em nome de Jesus", chorei um pouco e voltei ao trabalho.
E como num milagre, aquele sentimento ruim foi saindo de mim, já não ficava remoendo aquilo e fui sendo curada. Um dia uma delas veio me pedir perdão, mas eu via que era mais uma religiosidade do que uma verdade de coração, respondi positivamente, pedi perdão também . Eu ia falar que estava vendo que não via perdão real ali da parte dela... sabe quando da pra ver no olho, no jeito de falar?! Mas Deus falou, fica quieta, deixa que eu faço isso! E assim fiz.
A vida passou, tínhamos uma convivência superficial e educada, mas meu coração estava leve como uma pena, eu realmente coloquei uma pedra em cima de tudo aquilo e conseguia conviver sem lembrar e me azedar. E depois de um tempo parecia que elas também...Mas passados uns 2 anos, uma delas apareceu lá em casa com lágrimas nos olhos ( a mesma pessoa que já havia pedido perdão), e pedindo perdão novamente, só que dessa vez dava pra ver que era sincero. Da minha parte era página virada há um bom tempo, mas pra ela até aquele momento não era, e graças a Deus, a convivência foi outra desde então.
O que quero dizer com tudo isso é que todos nós em algum momento da vida temos que perdoar alguém, e as vezes o outro pisa na bola tão feio que fica aquele nó na garganta por um bom tempo, e o que fazemos é: eu perdoo, mas não quero ver fulano nem pintado de ouro! E mal sabemos que isso é um veneno pra nós mesmos. Em alguns casos o fulano nem lembra da nossa existência e nós estamos ficando doente com a amargura que fermentamos dentro de nós. Isso só prova que a Palavra de Deus é remédio pra todas as ocasiões, seus conselhos são vida para aquele que crê. Então, se você esta passando por isso e veio parar aqui, Deus está te dizendo: " Soltai, e soltar-vos-ão". Solte teu ofensor, em nome de Jesus, e tua cura virá. Aaah Michele, fácil falar, não é com você o negócio...Como você leu acima, cada um passa seu " pedacinho" ruim, coisas que não merecemos, mas Deus pode reverter situações que nos prejudicam em situações que nos abençoam! 
E outra! Já pensou se Deus nos perdoasse assim também? Eu te perdoo, mas não quero você perto de mim! Estaríamos perdidos neh? Pense nisso, e fique com Deus. Espero que essa palavra tenha abençoado teu coração, porque esse é o intuito aqui.
E deixe seu comentário abaixo, gosto tanto de ler (...)

Acompanhe também nas Redes Sociais:

2 COMENTÁRIOS ❤

  1. Perdoar é sempre a opção mais inteligente, já que para o outro isso é indiferente (a menos que sejam amigos). E porque não perdoar só faz mal ao próprio.
    Gostei da sua reflexão.
    Michele, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande verdade Jaime! Obrigada pela visita, viu! Bj

      Excluir