Olá amores! Paz de Cristo!
Hoje vim trazer um pouquinho do ministério de artes da minha igreja local. Ministério esse que amo e admiro muito, e  tenho visto Deus se manifestar através dos jovens com coração disposto, e quis compartilhar com vocês essa benção, até pra incentivá-los, caso tenham esse chamado. O texto abaixo é da Jéssica Wiezel, líder do ministério de dança na Igreja do Evangelho Quadrangular da minha cidade. Ela conta um pouquinho desse chamado, e traz uma Palavra de Deus ao nosso coração. E um teatro que retrata muito a nossa realidade. Bora conferir!

"Lembro-me com imenso amor e temor de uma missão que o Senhor confiou a mim no Ministério de Adoração da Igreja do Evangelho Quadrangular de Santa Rosa de Viterbo .
Jesus nos deu uma ordem como igreja: "Ide e pregai o evangelho", é para isto que devemos usar as nossas habilidades.
A dança é uma expressão de louvor e adoração a Deus e uma maneira de impactar o mundo com nossa expressão corporal chamando-o para o reino.
"Porque fostes comprados por alto preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo". (I Coríntios 6:20).
Toda vez que nos colocamos perante a igreja para ministrar com dança, ou com um simples teatro é como se nosso coração tivesse uma expectativa de saber como Deus irá receber o nosso louvor. Cada vez que entramos na presença do Senhor, tudo parece novo e sua presença sempre nos traz coisas novas. Há um temor em nosso coração para ministrar adoração como forma de gratidão a Ele.
Uma condição essencial e obrigatória para o ato da adoração é a santidade. Não há nada que agrade tanto o coração do Pai do que uma adoração sincera, verdadeira e pura. A dança também pode expressar este tipo de adoração.
O ministério de dança e teatro é levantado por Deus. Buscamos levar a graça e o amor do Senhor através das expressões da arte, pois “Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança” (Tiago 1.17)
Antes de pensarmos em saber a respeito de teatro ou dança, ou ter mais conhecimentos nas técnicas, precisamos conhecer a Deus e ter um relacionamento com Ele, porque um adorador conhece a quem adora.
Tenho plena consciência de que o Senhor não deseja que nos inspiremos em coisas mundanas, trazendo coisas que estão longe da inspiração divina pra dentro da igreja. Por isso é sempre necessário pedir direção ao Senhor a cada passo dado , entregar- se por completo a obra que o Senhor colocou em seu coração para realizar .
Creio que vidas estão sendo alcançadas através de um ministério que tem crescido principalmente espiritualmente na presença Dele.
Sempre Grata ao Senhor por cada manifestação de misericórdia e graça demonstrada a mim, sabendo que nada tenho e tudo que sou vem dEle !
Em alguns momentos tentamos de maneira um tanto quanto descontraída passar uma mensagem que é séria, fizemos um teatro bem atual com intuito de conscientizar-nos se realmente estamos colocando as nossas decisões na mão de Deus e descansando. Quantas vezes isso acontece conosco , dizemos que estamos colocando tudo na mão de Deus ,mas ai quando não " concordamos" tomamos de volta a escolha , as vezes ate mesmo sem perceber que não estamos deixando a vontade boa , perfeita e agradável prevalecer , Hoje é nos dado o poder da escolha , mesmo sabendo que Ele coloca diante de nós a benção e maldição e ainda nos da a dica “ Escolhe pois a benção “ fazemos escolhas erradas , que possamos refletir que quando Ele diz sim Ele é bom , mas quando Ele diz não ... Ele continua sendo bom ...!"
Jéssica W Monteiro
 Abaixo, um pouquinho do nosso trabalho no ministério, pra meditar. Espero que gostem.
Acompanhe também nas Redes Sociais:
Fan Page: Estilo Mulher Virtuosa | Instagram: @estilomulhervirtuosa

3 COMENTÁRIOS ❤

  1. Prazer imenso poder contribuir de alguma forma com este trabalho ... Que Deus esteja abençoando a todos e que o nome do Senhor seja sempre Glorificado ! beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigada Jéssica! Eu que fico lisonjeada de ter sua contribuição por aqui. Deus abençoe!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir