Hello povo abençoado! Essa semana estamos na "vibe do jejum", como vocês devem ter percebido. Tenho lido, e visto algumas mensagens sobre...Deus tem me direcionado a isso, e como sempre, amo compartilhar essas coisas com vocês, porque coisa boa a gente compartilha!
Então vamos ao assunto: Jejum! Essa mensagem é um resumo de uma pregação do pastor Hernandes Dias Lopes, junto com algumas colocações que Deus falou ao meu coração e espero que te abençoem, como tem me abençoado.
homem orando
Mateus 4:1 ao 4- Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. E tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome;  E chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se façam pães.  Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.
O jejum é uma prática bíblica muito esquecida por nossa geração, mas quando analisamos as escrituras, até o próprio Senhor Jesus praticava, inclusive ao inaugurar seu ministério.
Os patriarcas, profetas, reis, o povo em geral, os apóstolos... todos estes a escritura aponta como praticantes do jejum.
O jejum é se abster do bom ( comida ou alguma outra coisa que façamos com frequência), para ter o melhor, que é espiritual. É deixar o pão da terra, pra buscar o pão do céu. É  a humilhação da alma, como lemos no Salmo 35-13: "Mas, quanto a mim, quando estavam enfermos, as minhas vestes eram o saco; humilhava a minha alma com o jejum, e a minha oração voltava para o meu seio. "

A igreja primitiva reconhecia tanto o jejum como algo que nos conecta mais a Deus, que não elegia presbíteros sem que o Espírito Santo revelasse através de jejuns e orações.
Atos 13:1 ao 3- "Na igreja de Antioquia havia profetas e mestres: Barnabé, Simeão, chamado Níger, Lúcio de Cirene, Manaém, que fora criado com Herodes, o tetrarca, e Saulo. Enquanto adoravam ao Senhor e jejuavam, disse o Espírito Santo: "Separem-me Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado". Assim, depois de jejuar e orar, impuseram-lhes as mãos e os enviaram. "
Em Atos, podemos perceber a mesma prática. Atos 14:23- "E, havendo-lhes, por comum consentimento, eleito anciãos em cada igreja, orando com jejuns, os encomendaram ao Senhor em quem haviam crido. "
Em Joel 2:12 a Palavra de Deus diz: " Ainda assim, agora mesmo diz o Senhor: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto."  A nação de Israel estava passando por uma crise terrível! Veio uma nuvem de gafanhotos e devastou toda plantação, fazendo com que uma nação inteira entrasse em colapso...crise, fome, inflação, desespero total. E o jejum foi a solução encontrada por Joel para que Deus pudesse olhar pra eles e quem sabe mudar aquela sentença; E repare que o chamado a conversão era dito para o próprio povo de Deus, ao povo da aliança, porque estavam vivendo uma religião, e não um relacionamento com o Senhor. E quanto a nós? Será que estamos diferentes, ou nos contentamos com uma religião onde frequentamos determinados cultos e cremos na parte da bíblia que nos convém, mas nada de orações, jejuns ou intimidade com Deus? Quando foi a última vez que você jejuou para ter mais fome pelo Senhor?
Marcos 9:28,28 mostra uma outra utilidade do jejum. Há determinadas batalhas que travamos em nossa vida, resistência espiritual, que se não estivermos equipados com o poder do Espírito Santo, por meio de orações e jejuns, certamente fracassaremos. Precisamos nos deixar ser revestidos do poder vindos dessa prática, pra que o inimigo de nossas almas, caia por terra.
Você tem alguma causa na sua vida ou família que tem se prolongado por muito tempo e não rompe? Então busque a Deus com afinco, se aproxime e encontre forças nEle, e vejo o sobrenatural agir a seu favor, fazendo as muralhas cairem.
Isaías 58 é um clássico na Bíblia sobre a motivação do jejum, pois ele deve ter conexão com o resto de nossa vida. Não adianta parecermos piedosos praticando jejum e sermos rude, injustos com o próximo. O jejum precisa vir acompanhado de uma prática de justiça para com as pessoas. Se seguirmos esses preceitos e tivermos a motivação certa, aí sim o Senhor trará desdobramentos surpreendentes em nossa vida, não só pro nosso hoje, mas também pro nosso amanhã, pra nossa descendência.
O jejum também ajuda a exercer o auto domínio. Você mortifica seus desejos, disciplinando assim sua carne, fazendo com que ela fique mansa aos pés do Senhor. Além disso, ele mostra a quem você está atribuindo valor, pois é uma livre e espontânea escolha de mostrar o seu desejo por mais de Deus. Você demonstra que tem fome por mais dEle, abdicando dos manjares dessa terra.
Quer ser um ganhador de almas? Um poderoso pregador? Jejue!
Muitos tem ido aos cultos, querendo ver milagres e sinais e não veem... porquê? Porque o culto é só a consumação daquilo que você esta realizando a semana inteira na sua casa, uma comunhão com Deus, ou a falta dela.
A igreja está apática a tudo que tem acontecido, e em sua maioria, os cristãos querem congressos e festas, mas não têm motivo pra festejar, mas sim pra se humilhar diante de Deus e clamar por misericórdia devido ao cenário mundial e nacional. Nossos governantes estão sancionando leis e criando toda espécie de situações com o propósito de induzir o país a uma descaracterização cristã. Querem destruir a instituição chamada família, acabar com dia dos pais, dia das mães...estamos presenciando tudo isso como se alheios a toda situação, não oramos, não jejuamos, apenas participamos do club social chamado igreja .
A Palavra de Deus nos chama a um despertamento! Como podemos festejar na situação em que nossa família se encontra? Na situação em que nosso país se encontra? Será que não estamos vendo a guerra travada?
Acorde! Comece a orar mais e a jejuar, a combater espiritualmente! Deus quer um exército santo, poderoso, que deixa o anátema ( o cigarrinho, o namoro indecente, os pecados de estimação), poque sabe que está alistado por Deus pra uma causa muito mais nobre. Analise as escrituras e veja quantas passagens tratam desse assunto, e verá que o próprio Deus está te direcionando a uma maior intimidade com Ele, através do jejum e oração. Deixo abaixo o vídeo da pregação em que baseei parte desse estudo.

Meu clamor a Deus é por um avivamento em nós que nos dizemos cristãos! Deus abençoe e até a próxima <3
Deixo aqui meu convite pra acompanhem também nas outras redes sociais :
Fan Page: Estilo Mulher Virtuosa | Instagram: @estilomulhervirtuosa

Deixe um comentário