Olá meu amores! Como "cês tão"?! rsrs Por aqui, prosseguimos na fé, com Deus na frente!

Hoje vim trazer um pouquinho de como está sendo minha gestação e algumas fotinhas do meu ensaio gestante, porque sei que esse é um tema que as mamães e futuras mamães amam! E também porque muitas leitoras me perguntam no direct do instagram sobre o assunto. Como decidi não fazer diário de gravidez, quis compartilhar um resumo de tudo com vocês nesse post. Lembrando que não são dicas, porque estou entrando nesse universo agora, é apenas meu relato de mãe de primeira viagem.
Então, bora lá!Tive um primeiro trimestre até que tranquilo, com enjoos sim, mas nada tão pesado como vejo algumas mamães relatarem. Tá certo que tinha dias que até a água me enjoava, mas ficava só no enjoo mesmo. Fora isso, tive que guardar repouso desde a primeira consulta, por causa do diagnóstico de endometriose, então tchau academia ou qualquer coisa do tipo, e pra quem é ligada no 220, ficar de repouso não é uma tarefa fácil.
O que mais " pegou" nesse período, foram os temores que rondam os pensamentos de quem já passou por um aborto, qualquer sinal diferente que o corpo dá deixa a pessoa apreensiva, justamente porque ela já passou por um episódio ruim, e não quer passar novamente. Portanto, até hoje, peço muito a Deus pra nos guardar de todo mau e procuro manter minha mente sã e equilibrada, lendo muito a bíblia, vendo pregações na net, porque a Palavra de Deus me traz paz e acalma a minha alma. Bom, essa é minha fé, sei que cada um tem a sua, mas isso super funciona pra mim.
Fora isso, também tive um pouco de sono, que comparado a "primeira gestação" foi bem mais tranquilo...na primeira eu meio que desmaiava rsrs, já nessa era um sono mais leve e só no primeiro trimestre mesmo, no segundo já foi mais tranquila essa parte, tinha bem mais energia.
Aah, também tinha muita vontade de comer  carne, coisa que antes, nunca fui apegada rsrs sempre preferi arroz, feijão e salada a arroz, feijão e carne, mas na gravidez, isso mudou. Nesse período estava muito curiosa pra saber o sexo do bebê, e pesquisando no google, encontrei alguns relatos de mães de menino que tiveram o mesmo desejo. Não há nada de científico nisso, mas pra mim também coincidiu de ser menino.
Quanto ao ganho de peso, até o momento (estou com 28 semanas/7 meses) e ganhei 1 kg/mês. O recomendado pela ABESO, pra mães que estavam dentro do peso adequado antes da gestação é de 11 a 16kg (veja fonte aqui  mas vale lembrar que cada caso é um caso e portanto não há uma regra definida. Na facu, aprendi que nos casos de milheres eutróficas ( que já estavam com peso adequado antes da gestação) o ideal é aumentar de 9 a 12kg , não tive tempo de buscar a fonte em minhas anotações, mas estou me guiando por essa informação. Também achei esse artigo bem interessante com dados detalhados do aumento de peso, a quem interessar, indico a leitura: Ganho de Peso na Gravidez . O importante é passar pelo acompanhamento médico nesse período e tomar cuidado com a ingestão de alimentos muito calóricos pra não ganhar peso em excesso, e também não fazer ingestão de carboidratos em excesso, facilitando assim a  instalação de doenças como diabetes gestacional, por exemplo. Mas, mesmo estando dentro dos parâmetros do ganho de peso, é algo complicado, porque o corpo muda muito, além da barriga, os seios crescem muito, e o quadril alarga, resumindo,  nada mais serve, fora o boom hormonal que te deixa naturalmente mais sensível, então a aceitação ao novo corpo é bem complicada. A esperança é voltar ao peso depois rsrs e pra isso eu vou trabalhar! Tenho procurado ler bastante sobre o assunto, e fica aqui uma indicação sobre o assunto: O poder dos hábitos na gestação . Como é um universo novo pra mim, estou me cercando de boas informações, pra aprender um pouco na teoria, embora eu tenha consciência de que o maior aprendizado é na prática, a leitura de bons conteúdos sempre ajudam neh.
Outro vilão da gravidez são as temidas estrias, e meus cuidados tem sido bem simples, o uso constante de óleo de amêndoas e quando coça, não uso as unhas, e sim uma escova de cabelo (uso uma preta da avon) com cerdas mais grossinhas, que não "riscam" minha pele. E como agora estou entrando no terceiro trimestre, fase onde a pele estica mais, pretendo usar uma receitinha que uma amiga (mãe de gêmeos) me passou e pra ela super funcionou: 1 pote de creme hidratante nívea (para pele extra seca)+1 vidro de óleo de amêndoas+ 1 bisnaga de bepantol, fica super hidratante e sem contra indicações pra grávidas (até onde eu sei). Outra dica importante é não fazer uso de cremes ou óleos hidratantes nas auréolas ou mamilo.
No segundo semestre, já me senti bem melhor, pois os enjoos cessaram, e minha energia voltou parcialmente rsrs, mas no finalzinho dele, a barriga começou pesar, e junto veio o desconforto pra dormir, também não posso ficar sentada muito tempo com as costas retas, porque pressiona a barriga que já está bem grandinha e sinto dores. 
Procuro fazer caminhada regularmente, e também já noto diferença, me sinto mais cansada, como se faltasse ar, o que é normal pelo menor espaço que os órgão tem pra trabalharem. Até aqui, é isso rsrs Logo trago um post contando sobre o terceiro trimestre.
A gravidez tem sim seu lado romântico, é maravilhoso! A mulher parece estar em estado de graça, porque realmente é uma benção! Mas também tem o lado da realidade! E sou dessas que gosta de apreciar um sem esconder o outro rsrs Vou deixar um pouquinho das fotos que fiz até agora, pretendo fazer mais nessa fase final, pra aproveitar ao máximo o barrigão!


E é isso meus amores! Espero que tenham gostado! Deixe seu comentário, com dicas, sugestões, porque amo ler e aprender com vocês também! Aaah, algumas fotos foram inspiradas no google imagens, então também deixei um post com as fotos nas quais me inspirei e outras que ainda pretendo fazer, só clicar aqui 
Ph Retrateria 
Deus abençoe e até o próximo post! Orem por nós viu! 
Deixo aqui meu convite pra que acompanhem também nas outras redes sociais :
Fan Page: Estilo Mulher Virtuosa | Instagram:  @estilomulhervirtuosa

Deixe um comentário