grávida

Oi meus amores! Como vocês estão?!
Hoje vim dividir com vocês mais um pouquinho da minha gravidez, mais precisamente do terceiro trimestre. E pra quem ainda não viu e tem interesse, tem relato do primeiro e segundo trimestre também, só clicar aqui.
Bom, devido a tudo que passei antes da gravidez (endometriose, aborto, insegurança, diagnósticos desanimadores, etc) preferi me preservar durante a gravidez e não postar tantas coisas sobre, pois gostaria de dividir as experiências quando o milagrezinho já estivesse nos meus braços. Pois bem, cá estamos já vivendo esse momento e muito grata a Deus por isso!
Meu terceiro trimestre de gravidez também foi tranquilo, assim como o início. Tive apenas os desconfortos que toda grávida tem, falta de ar no final, dificuldade de dormir por conta do tamanho da barriga, um pouco de inchaço e algumas dores na coluna, com direito a inflamação no nervo ciático, nenhuma roupa me servia mais e aquele típico peso nas pernas que muitas gravidinhas relatam. Minha maior dificuldade foi ficar quietinha em casa, já que nos últimos dias temos que nos preservar ao máximo com repouso. Como não sou alguém que curte ficar em casa por tanto tempo, me custou um pouco esta parte.
Como toda futura mamãe, os dias pareciam não passar. Queria conhecer o rostinho do meu baby, e também ter um alívio de todo aquele peso da barriga, e poder respirar aliviado com a certeza de que "passei por essa fase com sucesso".
Sobre o parto, muitos foram meus medos e dúvidas. Aliás, toda gravidez é um misto de medos e dúvidas. Claro que tem alegrias, e tantas outras coisas boas que compensam tudo isso, mas confesso que o receio do parto me tirou a paz muitas vezes. Aquela dúvida de: Será que eu consigo ter normal? Será que eu vou tentar e na hora precisar passar pela dor da cesárea? Entre orações e diálogos com meu marido, optei pela cesárea. Conto mais detalhes sobre o parto num próximo post.
Durante todo esse período, ganhei 12 kg, o que também era uma preocupação pra mim, pois sei que não tem relação apenas com a estética, mas também com a saúde. Sobre alimentação, me permiti muitas coisas na gravidez, que não me permitia antes, mas tudo com moderação, pois sabia que depois pra perder os indesejados kilinhos a mais, não é fácil. Hoje, 1 mês e 11 dias após o parto, já perdi até 1 kg a mais do que ganhei. Sei que tem completa relação com minhas escolhas alimentares, e também com meu jeito 220 de ser rsrs sou muito elétrica, então isso ajuda no gasto calórico. Mas devido ao estresse dos primeiros dias da nova vida de mãe ( conto mais detalhes em outro post), confesso que tive pouca fome também.
E é claro, a memória muscular. Sim! O corpo tem memória. Mantive o mesmo peso por anos e nos últimos, por conta da nutrição na minha vida, fiz muitos ajustes na alimentação e exercícios, o que me beneficiou nessa perda de peso rápida.
Fora esses detalhes, foi uma época de correr atrás dos últimos detalhes do enxoval do baby. Uma delícia essa parte! Por em ordem todos os detalhes e saber o que a criança realmente precisa também não é fácil. Há muitas listas na internet, mas ao que me parece, o que é essencial pra um, não é pra outro, então é bem relativo, e vamos saber só depois que o baby nascer mesmo. ( me refiro ao caso das mães de primeira viagem)
E a melhor parte de todas é que nessa fase você percebe cada mexidinha do bebê, que no meu caso, eram bem constantes e notáveis. O menino agitado rsrs 220 igual a mãe. Essa parte não tem preço! Minha dica é: grave videozinhos no seu celular mesmo, pra relembrar depois, porque é um momento único e merece ser guardado.
E assim foi meu terceiro trimestre, tranquilo, com os desconfortos de uma grávida normal, sem desejos e  cheio de ansiedade pra ver o rostinho da cria. Pra conter a ansiedade e os medos que sempre vem atormentar a mente, sempre me apegava com Deus. Não canso de dizer que Ele mantém meu equilíbrio seja em tempos bons ou maus.
Aah, não resisti e fiz um outro ensaio gestante umas 2 ou 3 semanas antes do Théo nascer, vou deixar algumas aqui.
terceiro trimestre de gravidez
mulher grávida

39 semanas
Adicionar legenda
Espero que tenham gostado do post, mesmo simples e sem alardes, essa foi minha experiência. Logo volto pra compartilhar com vocês meu relato de parto. Deus abençoe, amores!
Deixo aqui meu convite pra que acompanhem também nas outras redes sociais :
Fan Page: Estilo Mulher Virtuosa | Instagram:  @estilomulhervirtuosa

UM COMENTÁRIO ❤

  1. Oh que linda mama, adorei conhecer um pouco mais sobre a tua gravidez
    Beijinhos
    Novo post // CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderExcluir